Dicas

♥ Produtos de cuidados para as unhas

16:21:00Maria Fernanda Ojea

Nos meus últimos posts mostrando cores de esmaltes, muitas leitoras elogiaram as minhas unhas e perguntaram sobre os cuidados que eu tenho com elas. Então para facilitar (já que são vários produtos) resolvi fazer esse post para mostrar quais os produtos que eu uso e de que forma:



1- Removedor de esmaltes com óleo de orquídea - Risqué (Resenha)
2- Lenços removedores de esmaltes de morango - Océanne Femme (Resenha)
3- Kit manicure - Cels
4- Amolecedor de cutículas - Mirra´s (Resenha)
5- Lixa para as unhas - Cels (Resenha)
6- Base seda com óleo de orquídea - Risqué
7- Cobertura brilhante e secagem rápida para esmaltes - Avon
8- Cera nutritiva unhas e cutículas - Granado
9- Caneta hidratante para cutículas - Océanne Femme (Resenha)


Produtos:
Os produtos que estou usando atualmente nas unhas são esses da imagem. 
Eu definitivamente aposentei a acetona e só uso removedor sem ela. Os removedores são mais caros, porém são muito melhores (eles não deixam as unhas esbranquiçadas). O meu preferido é o da Risqué com óleo de orquídea, mas o preço é salgado (porque uso removedor que nem água, acaba muito rápido) e também porque eu acho difícil de encontrá-lo. Então quando não tem, eu compro o removedor da marca Ideal que custa em média R$ 3,00 (e é tão bom quanto... só não tem o cheirinho gostoso de orquídea do outro). Confira a resenha dele aqui.
Depois que eu retiro o esmalte com o removedor eu gosto de finalizar com os lencinhos removedores da Océanne Femme. Faço isso porque é mais fácil para limpar os cantinhos e eles deixam as unhas hidratadas. Aí é só enxaguar e dar continuidade. Após isso eu dou uma observada no estado das cutículas. Infelizmente eu não faço parte das mulheres que largaram os alicates. Digo isso, porque é quase impossível para mim ficar hidratando as benditas todo o santo dia. Resultado: elas crescem e as vezes ficam ressecadas e para dar jeito só com o alicate mesmo. A minha sorte é que a minha cutícula é bem fina e não cresce tanto assim, aí eu só tiro o excesso mesmo. E isso ocorre em 15 em 15 dias (não tiro toda semana não). Mas claro que o que ajuda é a manutenção. Mesmo eu não conseguindo hidratar direto, todos os dias antes de dormir eu passo a canetinha da Océanne (que é a coisa mais prática do mundo) e quando a coisa está feia, eu passo a cerinha da Granado (porque ela é mais oleosa e logo o fator de hidratação é maior). O preço da cerinha também não é dos melhores, mas uma opção tão boa quanto é a cerinha da Mirra´s (resenha aqui) que é idêntica (só o cheiro que não me agradou muito porque é de cravo) e é mais barata R$ 8,00.
Para amolecer as cutículas (quando eu tiro) também depende da situação delas. Se estiver de boa, eu uso o amolecedor da Mirra´s, agora se a situação estiver pavorosa eu me jogo nas luvas com creme da Cel´s.
E para finalizar, antes de passar o esmalte eu passo a base seda da Risqué e depois para dar brilho (no final de tudo) o famoso roxinho da Avon.

A lixa que eu uso atualmente é a da Cel´s (que tem refil) porque ela é tri boa, lixa as unhas muito mais rápido e ao mesmo tempo deixa elas lisinhas. Outro produto que eu esqueci de colocar na imagem é o óleo secante em spray da Dote. Adoro ele, e além de secar as unhas bem rápido o precinho é bem amigo: R$ 11,00 (300ml).

E se as suas unhas estão bem fraquinhas, tem uma receitinha de base que eu uso e adoro. Foi assunto desse post aqui. Podem fazer porque ela é ótima (não vivo sem).


Alimentação:
Que a nossa alimentação influencia e muito, isso vocês já estão fartas de saber né? Mas é a pura verdade! Eu não sou muito fã de frutas, legumes e verduras (eu sei que isso é péssimo) mas tento evitar ao máximo alimentos gordurosos. Fritura é bem raro de eu fazer em casa. Mas enfim... é só eu começar a me alimentar mal (me jogar direto nos fast foods da vida) para as minhas unhas começarem a quebrar ou ficarem manchadas. Outra coisa que afeta muito as unhas (na verdade o nosso corpo inteiro) é o estresse. E também não podemos esquecer da disfunção hormonal e da tireóide. Infelizmente eu passei por isso, porque eu tenho ovários policísticos (que causa disfunção hormonal) e até eu descobrir o problema as minhas unhas quebravam muito, tinha queda de cabelos e muita acne. Mas depois que comecei a tomar anticoncepcional (para melhorar a situação dos ovários) tudo isso desapareceu. Então a primeira dica que eu dou é que se por acaso você usou vários produtos que não resolveram o seu problema (seja qual for) é melhor procurar um médico, porque muitas vezes a solução está de dentro para fora.


Fatores externos:
Outra coisa que acaba com as unhas são os produtos de limpeza. Eu não sei vocês, mas aqui em casa a "Marinete" sou eu. Então não tem jeito, vira e mexe eu tenho que usá-los e não tem como escapar. Tento me defender usando luvas de borracha (aquelas mais resistentes para limpeza) mas confesso que eu não gosto de usá-las e muitas vezes esqueço delas. Mas se eu vou usar cloro, aí não tem jeito (só com luvas mesmo), porque se não usar é batata: alguns dias depois as suas unhas vão quebrar e a pele das suas mãos vai ressecar (sim eu já fiz isso para saber!).
Para lavar louça é a mesma coisa. Se a louça for pouca tudo bem, mas se for muita (e eu ficar muito tempo com as mãos na água) aí tenho usar luvas. Na verdade eu teria que usar luvas sempre pois para a minha felicidade eu sou alérgica a todos os detergentes para louças. Mas quem disse que eu faço isso? E uó... uma coisa sem explicação... porque é só eu colocar as luvas que o telefone toca, a vizinha toca a campainha e etc.


Tamanho e formato das unhas:
Isso é fato: Unhas maiores quebram mais fácil. Então eu tento deixar o tamanho das minhas no meio termo. Apesar delas parecerem gigantes nas fotos, na maioria das vezes não estão. As fotos que enganam bem.
O formato das minhas unhas (apesar dos elogios) eu não curto muito. Porque para as minhas unhas ficarem (e principalmente parecerem) que estão gigantes, eu tenho que deixar crescer muito. Explico: a base das minhas unhas é bem curta. É a famosa unha "macho". É eu não puxei a minha mãe porque ela tem unha "fêmea" e mesmo as unhas dela estando curtas, parecem grandonas (ahhh... como eu queria as minhas assim).
Não sou muito fã de unhas com corte arredondado (e também acho que para as minhas mãos o corte quadrado fica melhor). Mas as unhas quadradas quebram muito mais fácil. Então para dificultar um pouco eu deixo as unhas quadradas mas com os cantos levemente arredondados. Quando eu não fazia isso, os cantinhos quebravam direto.

Dica: Quando você for trocar o esmalte das unhas, retire um dia antes de pintá-las novamente. Assim suas unhas vão ficar 24 horas respirando e vai evitar que fiquem manchadas ou amareladas.

Espero que tenham gostado do post (sim eu sei que escrevi demais, porém queria esclarecer tudo). Se alguém ainda tiver alguma dúvida é só perguntar nos comentários!

You Might Also Like

0 Comentários

TRANSLATE/TRADUTOR

LEITORES ONLINE

Formulário de contato